DESAFIO NA SERRA DO RIO DO RASTRO 2021 – PROVA ACONTECE NO PRIMEIRO SEMESTRE EM SANTA CATARINA

DESAFIO NA SERRA DO RIO DO RASTRO 2021 – PROVA ACONTECE NO PRIMEIRO SEMESTRE EM SANTA CATARINA

18 de agosto de 2020 1 Por Flavio Menezes

Corre Brasil e Mountain Do lançam dois dias de provas na Serra Catarinense Uma experiência única a 1421m de altitude

 

O ano de 2021 vai surpreender os amantes da corrida e do ciclismo. As duas maiores organizadoras de Corrida do Sul do Brasil unem as forças para proporcionar aos atletas uma experiência a 1421m de altitude. No primeiro semestre a Corre Brasil e o Mountain Do vão realizar um Desafio na Serra do Rio do Rastro. Dois dias, com provas de ciclismo e corrida de rua, na estrada que foi considerada a mais espetacular do mundo, por uma enquete de uma revista espanhola em 2016.

 

 

“Nós recebemos diversos pedidos de atletas para realizarmos um evento na Serra do Rio do Rastro e ter mais provas desafiadoras como esta em Santa Catarina. E já tínhamos uma ideia de fazer uma prova de ciclismo na Serra do Rio do Rastro em 2020. Foi aí que resolvemos lançar um desafio juntando o ciclismo e a corrida”, conta o diretor técnico da Corre Brasil Ricardo Ziehlsdorff.

Os atletas vão enfrentar pelo menos 250 curvas, em subidas íngremes e num traçado inusitado. O Desafio da Serra do Rio do Rastro vai ter três provas: sábado pela manhã uma meia maratona, à tarde 42km de bike e domingo pela manhã, a maratona – outra grande novidade da Corre Brasil. “Nós sempre fomos motivados por desafios e esse será mais um, mas temos uma grande bagagem e experiência em corridas pelo estado”, acrescenta Ricardo.

Há 14 anos a Corre Brasil realiza as principais provas de 21km em Santa Catarina, como as Meias Maratonas Internacionais de Florianópolis e Balneário Camboriú. Já o Mountain Do tem grande experiência em eventos Trail Run pelo estado catarinense e também fora do Brasil, como nos Desertos do Saara e Atacama e entre outros destinos do mundo, como o congelante Usuhaia. Juntas as duas maiores organizadoras de corrida do Sul do Brasil realizam o Desafio Beto Carrero, no maior parque multitemático da América Latina, um evento de três dias.

PERCURSOS DESAFIADORES

As três provas vão subir a Serra do Rio do Rastro. Os percursos já estão mapeados junto com a Polícia Militar Rodoviária, com chegada das três provas na cidade de Bom Jardim da Serra, onde fica o topo da Serra do Rio do Rastro. Já a data do desafio vai ser confirmada até outubro, quando deve começar a pré-inscrição gratuita. As vagas vão ser limitadas e quando abrirem as inscrições em novembro, a preferência será do atleta que previamente mostrou interesse no desafio. E ele vai poder participar de uma, duas ou até mesmo buscar a superação nas três provas.

“O Desafio na Serra reserva aos atletas paisagens de tirar o fôlego, a superação de limites com segurança e o consagrado padrão de qualidade da Corre Brasil e do Mountain Do”, relata Kiko dos Santos, diretor técnico do Mountain Do.

O atleta amador, Said Ali do blog Colecionador de Corridas, já está na expectativa para viver o desafio na Serra do Rio do Rastro. “É um presente não só para os atletas, como também para todo o universo da corrida de rua em nível estadual e nacional. Assim eu posso definir a iniciativa da Corre Brasil e do Mountain Do em realizar uma corrida em um cenário que carece de um olhar carinhoso, diferente e conterrâneo. Saber que teremos na Serra, o padrão visto nas maiores meias maratonas do Sul do Brasil, é, e deve ser motivo de orgulho e empolgação pra muita gente.”

PANDEMIA E AS CORRIDAS DE RUAS

Mesmo com a pandemia, que trouxe inúmeros desafios para o segmento de corrida a Corre Brasil não ficou parada no tempo. Logo no início de abril buscou alternativas para manter os atletas motivados criando o 1º Corre em Casa onde reuniu mais de 2500 corredores de 24 estados brasileiros mais o Distrito Federal, unindo virtualmente corredores de várias partes do Brasil. A prova já teve a terceira edição inovando ainda mais, com o desafio de participar de até três provas, em dias seguidos e com quatro medalhas para quem completasse os três percursos. “Esse período que estamos vivendo nos motivou a adiantar o calendário de 2021 e também nos desafiou a pensar em coisas novas”, conta Ricardo.

O diretor técnico do Mountain Do complementa. “O momento de crise nos faz pensar em outras possibilidades, novos formatos, transformando a crise em oportunidade de inovação. O Desafio na Serra do Rio do Rastro tem a ver com essa busca da superação e renovação com novas experiências”.

E são essas novas experiências que os atletas esperam a cada prova. “A dificuldade imposta pela altimetria, o clima frio e instável instiga todos a pensar: ‘O que eu vou encontrar lá?’ E essa incerteza alimenta ainda mais o desejo de superar as barreiras individuais. A serra te testa e te leva ao limite, sendo amador ou mesmo profissional. E é exatamente isso que queremos”, finaliza Said.