FROOME PODE DEIXAR A INEOS AINDA ANTES DO FIM DA TEMPORADA

FROOME PODE DEIXAR A INEOS AINDA ANTES DO FIM DA TEMPORADA

16 de maio de 2020 0 Por Flavio Menezes

SEM RENOVAR SEU CONTRATO QUE TERMINA NO FIM DESTE ANO, BRITÂNICO FOI ABORDADO POR EQUIPES E PODE ESTAR DE MUDANÇA

 

Foto LaPresse – Fabio Ferrari

Agora, em busca de seu quinto título, Froome, que tem 34 anos, pode estar de mudança para outra equipe, já que a renovação de seu contrato, que termina no fim deste ano, ainda não aconteceu. Além disso, depois de tentar – e fracassar – ao tentar a dobradinha Giro / Tour em 2018 e de se acidentar seriamente pouco antes do Tour em 2019, Froome viu Geraint Thomas e Egan Bernal, ambos seus companheiros de equipe, levando a grande volta francesa em anos consecutivos – com isso, sua liderança na Ineos já não é total.

Inclusive, na semana passada, o colombiano Egan Berna afirmou categoricamente que não se sacrificaria para trabalhar para os outros neste Tour, e que a liderança da equipe seria decidida com as pernas. Por isso, segundo o site Cyclingnews, Froome estaria em negociação com diversas equipes, inclusive com a possibilidade de mudança ainda antes do fim da temporada 2020, desde que todas as partes concordem.

“Depois do meu acidente no ano passado e de minha recuperação, estou muito confiante que posso retornar a condição física para vencer um Tour. Com qual equipe isso vai acontecer depois de 2020, eu não sei ainda”, afirmou o atleta.

Não tenho a intensão de me aposentar tão cedo. Acima de tudo, meu tombo renovou meu foco e dedicação. Eu trabalhei mais duro do que nunca para voltar para onde estou e não vou deixar isso ser em vão”, comentou Froome.

Uma das equipes mais cotadas para receber Froome com certeza é a Movistar, equipe espanhola apoiada pela Telefonica, gigante das telecomunicações. Curiosamente, no ano passado a Movistar “perdeu” vários atletas com capacidade para lutar pela classificação geral em grandes voltas, incluindo Nairo Quintana, Mikel Landa, Richard Carapaz e Andrey Amador.