Intervalado de força que “deu ruim”

Intervalado de força que “deu ruim”

14 de outubro de 2019 0 Por Flavio Menezes

Hoje o pedal foi punk…

Não como um rock, mas punk relacionado a um silogismo, incrementado do nosso vocabulário português:

Difícil para CHUCHU!

Programei-me para fazer um de treino, com intervalos de força no início do pedal, com uma cadência regular.

Programei previamente para realizar três series de um minuto, pedalando na coroa grande e catraca pequena, fazendo força máxima, e três minutos pedalando leve.

A intenção era fazer cinco vezes as séries de três, mas no meio da terceira repetição, senti náuseas, parei a bike por uns instantes e até vomitei, fiquei sentado por uns cinco minutos, lavei-me, tomei água e me recompus.

Apos essa recuperação, dei duas voltas na ciclovia em um ritmo leve, na sequência consegui me encaixar em um pelotão de triathlon que estava treinando lá.

Meu corpo de imediato respondeu positivamente, então completei o treino que deu 110km com média de 30.8 km/h.

Ja em casa, avaliando o ocorrido, eu cheguei a conclusão que eu exagerei na força e não observei a respiração e a cadência cardíaca, o que provocou uma queda de pressão, uma vez que os batimentos não subiram durante o treino, ficaram na minha média de sempre.

 

 

                 

 

Ficou a lição para os próximo treino.