“Opa! calma aí, deixa eu respirar e entender o que está acontecendo”…

“Opa! calma aí, deixa eu respirar e entender o que está acontecendo”…

22 de abril de 2020 0 Por Flavio Menezes

Dicas para quem pensa em treinar indoor

Por: Bruno Araujo

Olá muito bom dia, boa tarde, boa noite! hoje é dia 22 de abril de 2020 e podemos dizer também que é dia 30 D.Q (Durante a Quarentena, não é mesmo?)

Desde que começamos este período de isolamento social, o mundo do ciclismo potencializou um tema, que já existia, mas que nunca com relevância quanto neste momento. O tema Ciclismo Indoor foi propagado com velocidade tão grande que virou a nova febre dos ciclistas, principalmente nas grandes cidades.

E antes mesmo que pudéssemos absorver a mudança que o isolamento nos traria, seja no âmbito social ou nas formas de trabalho e lazer, fomos bombardeados com informações sobre rolo de treino, simuladores, medidores de cadência, velocidade, potência e tudo que possa imaginar, para que independente do caos que estiver acontecendo lá fora, dentro da sua casa você possa treinar da melhor maneira mantendo seu nível técnico.

 

 

E nesse momento é preciso que alguém fale “Opa! calma aí, deixa eu respirar e entender o que está acontecendo”.

Quando falamos de ciclismo, a tecnologia empregada no esporte é fruto de muito estudo científico e movimenta bilhões de dólares em busca da melhoria de determinado produto.

A roda, o metal, a borracha, nenhum destes itens foram inventados nas ultimas 5 décadas, porém o seu aperfeiçoamento está em franco desenvolvimento, e a velocidade  que se propaga a informação sobre algo novo é quase espontânea, fazendo uma novidade utilizada pelos ciclistas do Tour de France chegue rapidamente nas telas dos nossos celulares.

E aí que está o problema, chegar a tela do celular é diferente de poder acessar esta tecnologia. Só que não é muito bem isso que te informam, não é mesmo?

Existe um hiato enorme em termos econômicos que separa a realidade da tela dos celulares. Fazem parecer tão acessíveis, tão imagináveis, tão realísticos, que alteram nosso senso racional, causando ansiedade, despertando desejos que aumentam o nosso consumo e algumas vezes nosso sentimento de frustração. Saber lidar com esse sentimento não é fácil e ele pode ser replicar em vários aspectos da nossa vida, em alguns casos nos adoecem, chegando a um quadro de depressão. Ta longe isto pra você? Não se vê ou não conhece alguém com um caso assim? Reflita, pois é tão comum quanto a bolha que você vive.

Quando falamos em treinos e em maneiras de evoluir em um esporte, é quase instantâneo pensar em novas tecnologias, mas falar sobre treino indoor não necessariamente pode estar associado a um novo produto.

  • Já pensou em aprimorar a sua capacidade de respiração com ajuda de um exercício físico? Sim, existe como e tem diversos vídeos no Youtube explicando;
  • Qual seu grau de elasticidade? Um dos fatores que mais influenciam na evolução do esporte e é algo que você precisa treinar fora da bike, também tem maneiras gratuitas para treinar;
  • Como está a sua postura ao pedalar? Existem vários especialistas que dão excelentes dicas, e alguns atendendo de maneira diferenciada nesta quarentena, tendo a opção de aprender sem sair de casa;
  • Como se prevenir de lesões no ciclismo? Tantos são os exercícios que podem ser feitos em casa sem auxílio de nenhum equipamento, que podem fortalecer músculos que vão te ajudar a ter um desempenho melhor quando sair para pedalar.
  • Já pensou na possibilidade de fazer um curso online de mecânica de bicicleta? Extremamente importante entender o funcionamento do seu equipamento, não significa que você vai abrir mão de um profissional qualificado, mas é pra entender melhor como funciona e se virar naquela situação que não vai ter alguém próximo para te auxiliar.

 

 

Enfim… o texto era basicamente pra jogar uma luz em um tema tão oportuno quanto o consumismo, não existe problema nenhum em você ter um novo rolo de treino seja ele do mais simples ou aqueles que só falta pedalar pra você, o que você precisa ter em mente é o equilíbrio que você possui  no momento de sua (que é única) opção.