Patrocinador coloca em cheque futuro da CCC e CCC-Liv

Patrocinador coloca em cheque futuro da CCC e CCC-Liv

3 de abril de 2020 0 Por Flavio Menezes

 

 

A grave crise causada pelo coronavírus e a infeção covid-19 causada por ele vão afetar mais profundamente o ciclismo. Na última quinta feira a empresa polonesa CCC anunciou que mudanças duras ocorrerão no patrocínio esportivo.

Sem especificar o o formato do corte, o empresário polonês Dariusz Milek já definiu a proporção: Como um machado e não um canivete. Atualmente a CCC patrocina três equipes de ciclismo, a CCC Pro Team de nível World Tour e que até 2018 chamava-se BMC, a equipe CCC-Liv do Womans World Tour e a equipe CCC Development Team, continental Polonesa.

O contrato de patrocínio da CCC com as equipes de ciclismos tem duração até o final de 2021, porém a crise estabelecida pela pandemia de covid-19 pode mudar isso e para pior. Atualmente as grandes estrelas da equipe masculina são Greg Van Avermaet e Matteo Trentin. Do lado da equipe feminina, Marianne Vos é a grande estrela da equipe que disputa o ciclismo profissional desde 2006.

 

 

Crise no grupo CCC afeta o pagamento de dívidas

O balancete trimestral da gigante de venda de calçados foi terrível, o valor das ações da empresa caiu de R$374 em 2018 para R$37 em março de 2020. O presidente da empresa Dariusz Milek anunciou as más notícias em videoconferência definindo os cortes como um machado e não um canivete.

As decisões sobre o nosso envolvimento no patrocínio esportivo serão tomadas nas próximas semanas. Serão cortes potencialmente dolorosos, porém necessários na atual situação. No momento os ciclistas não estão pedalando e já não pedalam a muito tempo, assim não atingirão as metas de marketing definidas para este projeto esportivo. Dariusz Milek

Milek ainda completou, mostrando a face real da crise que afeta sua empresa:

Agora estamos lutando pelo nosso negócio, por isso não podemos colocar o sentimento sobre as ações que trazem redução nos custos esportivos. Seria imoral reduzir os salários dos funcionários excluindo os ciclistas. Forneceremos detalhes nas próximas semanas.

A crise no grupo CCC extrapola o marketing, o grupo anunciou a suspensão do pagamento de cerca de 26 milhões de reais para empresas de factoring. O presidente do conselho fiscal da empresa, Marcin Czyczerski informou que o grupo pretende emitir de 375 a 500 milhões de reais em ações para reestruturação do grupo.

Via: pelote.com.br / Rowery