Peter Sagan: Eu sou um ciclista real, não virtual

Peter Sagan: Eu sou um ciclista real, não virtual

22 de abril de 2020 1 Por Flavio Menezes

Peter Sagan (Bora-Hansgrohe) descartou a ideia de correr dentro de casa usando plataformas online, descrevendo-se como ‘um ciclista real, não virtual’. O tricampeão mundial vive em Mônaco, onde as restrições aos coronavírus impedem as pessoas de sair para se exercitar.

Com a temporada de ciclismo remarcada recentemente para o outono, ele teve que se render ao treino indoor para manter sua condição física. “Eu odeio treinar no rolo, mas agora eles são meus amigos”, disse Sagan em uma live em sua rede social neste fim de semana. Ainda assim, Sagan ainda está resistente quanto a participar de corridas em ambientes virtuais.

“Sou um ciclista de verdade, mas não um virtual. Se esse for o futuro … acho que não. Talvez eu possa fazer algumas corridas no Zwift com uma bicicleta elétrica. O que você acha disso? Só brincando.”

Sagan aproveitou sua live para pedir desculpas a todos por sua ausência nas redes sociais nas últimas semanas. “Minha família e eu estamos bem. Treino diariamente, mas obviamente sinto falta de treinar e correr na estrada, como todo mundo. Estou ansioso para voltar à nossa vida normal, mas no momento temos que seguir as instruções oficiais e ficar em casa “.

 

No início desta semana, a UCI anunciou o novo calendário de corridas para 2020, com o Tour de France acontecendo entre os dias 29 de agosto a 20 de setembro, seguido pelo Campeonato Mundial, Giro d´Italia e Volta da Espanha. Já as Clássicas, provas algo de Peter Sagan, ainda estão com datas a definir.

“A UCI, juntamente com os principais organizadores da corrida, está tentando fazer o melhor para o nosso esporte nesta difícil situação difícil … É a primeira vez que vivemos uma crise como essa, mas sei que os especialistas sabem como proceder muito melhor do que eu. Para mim, é apenas uma questão de esperar e seguir as regras. Quando as condições nos permitirem correr novamente com segurança, voltaremos à estrada para que os fãs possam desfrutar deste belo esporte novamente “.

Sagan terminou sua live reconhecendo que o esporte do ciclismo profissional é insignificante quando se trata da escala da pandemia do coronavírus. “Temos que cuidar muito mais dos outros e respeitar essa situação”, afirmou. “Estou saudável, em casa com meu filho e estou treinando… Muitas pessoas ao redor do mundo estão sofrendo muito mais e temos que ter algum respeito por eles e ser mais humano “.