Tóquio: Pogacar lidera apostas para o ouro, Avancini entre os favoritos

Tóquio: Pogacar lidera apostas para o ouro, Avancini entre os favoritos

21 de julho de 2021 0 Por Flavio Menezes

Van Aert, Roglic, Evenepoel e até Valverde aparecem como favoritos na estrada; no MTB, Van der Poel e Pidcock lideram

Em se tratando da prova de ciclismo de estrada dos Jogos Olímpicos nem sempre o favorito termina com a medalha no peito, afinal, muita coisa pode acontecer. Em Tóquio, neste sábado, a prova tem 234 quilômetros de percurso, 4.865 metros de altimetria, previsão de mais de sete horas de duração e um pelotão com os melhores ciclistas do mundo. Mas sempre é bom dar uma olhada nas casas de apostas do Reino Unido, pois servem como um ótimo termômetro para mostrar quem são os favoritos do público.

Na prova de ciclismo de estrada masculino, que tradicionalmente é disputada no dia seguinte à cerimônia de abertura, o franco-favorito é o esloveno Tadej Pogacar, que conquistou no último domingo o segundo título consecutivo no Tour de France. O jovem de 22 anos que encantou com um inquestionável desempenho lidera as apostas com 4,7 para um*.

O belga Wout Van Aert, que venceu três etapas do Tour 2021, aparece logo em seguida na preferência dos apostadores e paga 7 para um. Outro esloveno, Primoz Roglic está praticamente empatado com Van Aert, com 7,2 para um. O belga Remco Evenepoel aparece na quarta posição entre os mais cotados ao ouro e paga 9,8 para um.

O português João Almeida, de 22 anos, andou muito bem nas duas últimas edições do Giro D’Italia, e chega a Tóquio como quinto favorito ao título entre os apostadores e paga 16 para um. Em seguida aparece o alemão Maximilian Schachmann, com 19 para um. O britânico Adam Yates aparece na sequência com 22 para um, empatado com o experiente espanhol Alejandro Valverde.

CICLISTA                                      COTAÇÃO
Tadej Pogacar                                     4,7 : 1
Wout Van Aert                                    7,0 : 1
Primoz Roglic                                      7,2 : 1
Remco Evenepoel                               9,8 : 1
João Almeida                                    16,0 : 1
Maximilian Schachmann                19,0 : 1
Adam Yates                                       22,0 : 1
Alejandro Valverde                          22,0 : 1

 

Van Aert no contrarrelógio final do Tour 2021

Já na prova individual contra o cronômetro, marcada para a quarta-feira (28 de julho) e com um percurso de duas voltas em um trajeto de 22,1km, as apostas apontam o ouro para o belga Wout Van Aert, ganhador da última crono individual do Tour de France. O belga paga 3,45 para um. O italiano Filippo Ganna, atual campeão mundial da modalidade e ganhador de todas as 3 cronos individuais do Giro d’Italia aparece na segunda colocação na preferência dos apostadores e paga 4,6 para um.

O esloveno Primoz Roglic aparece em terceiro, com 5,2 para um, seguido de perto pelo belga Remco Evenepoel que paga 5,6 para um. O australiano Rohan Dennis aparece na quarta colocação e paga 5,8 para um. Um pouco mais distante na preferência dos apostadores aparece o português João Almeida com 12 para um, seguido pelo holandês Tom Dumoulin que paga 13 para um.

 

CICLISTA                        COTAÇÃO
Wout Van Aert                3,45 : 1
Filippo Ganna                    4,6 : 1
Primo Roglic                      5,2 : 1
Remco Evenepoel             5,6 : 1
Rohan Denis                      5,8 : 1
João Almeida                  12,0 : 1
Tom Dumoulin                  13,0 : 1

 

Van der Poel na Copa do Mundo de MTB em Albstadt

 

CROSS COUNTRY
Tal como no ciclismo de estrada, muita coisa pode acontecer em uma prova de cross country, que é intensa do início ao fim. Um pneu furado, uma noite mal dormida, um problema mecânico, uma queda… e anos de treinamento podem ser interrompidos e deixar o favorito fora do pódio.

Mas se depender das apostas, o holandês Mathieu Van Der Poel já pode ir para a cerimônia de premiação e pegar sua medalha de ouro. O ciclista de 26 anos que anda bem na estrada, no cross country e no ciclocross é o mais cotado e paga 1,85 para um na prova de cross country olímpico que será disputada na segunda-feira, 26 de julho.

O segundo favorito na casa de apostas é o jovem britânico Thomas Pidcock. O atleta de 21 anos que tem um sólido currículo de vitórias na estrada e no cross country chega a Tóquio cotado a 2,6 para um. O suíço Nino Schurter, atual campeão olímpico, é o terceiro mais cotado e paga 7,5 para um. Na sequência aparece o líder da Copa do Mundo, o suíço Mathias Fluckiger que paga 14 para um. O brasileiro Henrique Avancini também é bem cotado e aparece na quinta colocação, com 22 para um.

CICLISTA                                     COTAÇÃO
Mathieu Van Der Poel                     1,85 : 1
Tom Pidcock                                       2,6 : 1
Nino Schurter                                     7,5 : 1
Mathias Fluckiger                           14,0 : 1
Henrique Avancini                          22,0 : 1

 

* Significa que para cada unidade monetária apostada (seja R$, US$, €, £, ¥ etc) se o atleta em questão vencer o apostador recebe o valor multiplicado pela cotação.  Assim, o atleta favorito é o que menos paga e o menos favorito paga mais.

 

Texto de Marcos Adami – Bikemagazine
Fotos de divulgação