Giro Etapa 10 – A reverência da “Besta Holandesa”, História sendo feita e a rolha.

Giro Etapa 10 – A reverência da “Besta Holandesa”, História sendo feita e a rolha.

18 de maio de 2022 1 Por Flavio Menezes

Matéria do Leandro Bittarre, produzida do site: https://useiq.cc/

Um sentimento unânime tomou conta de todo mundo que acompanhou as primeiras etapas do Giro d’Italia 2022: Biniam Girmay  (Intermarché- Wanty Gobert) vai sair desse evento com uma vitória. Fato.

Quis o destino que as duas possibilidades de interpretar essa frase acima possam se comprovar verdadeiras: Girmay venceu brilhantemente a etapa 10, disputada nesta terça-feira (17/5) e tem grandes chances de não largar amanhã. 

Momento fatídico

Vamos começar pela notícia ruim. Um lance pífio. Ao comemorar a vitória no pódio do Giro, o eritreu abaixou-se para abrir o tradicional espumante entregue para a celebração dos campeões. A rolha saltou da garrafa diretamente no olho dele. A alegria começou a dividir espaço com a angústia. Ele foi levado direto ao hospital e no início da noite todos consideram remotas as chances dele largar nesta quarta-feira. Um desfecho trágico para um dia que parecia perfeito. 

Biniam Girmay trouxe alegria ao pelotão e uma grande representatividade ao se tornar um ciclista negro, africano, competindo de igual para igual com os melhores na temporada de clássicas. A vitória na Gent-Wevelgem escancarou a euforia por estarmos diante de um esportista capaz de mudar o rumo do esporte.

O reconhecimento do rival na linha de chegada

Neste Giro não tem sido diferente. E a primeira etapa depois do segundo dia de descanso parecia desenhada para um novo embate entre Girmay e o holandês Mathieu Van der Poel (Alpecin). E os dois reprisaram os belos embates dos dias anteriores, com um final que beirou ao caos com a presença dos candidatos ao título dinamitando o pelotão.

O espanhol Lopez defendeu a maglia rosa por mais um dia


Como era previsto, apesar de inúmeros ataques, os dois lançaram o sprint final e chegaram lado-a-lado quando MVDP reconheceu a superioridade do rival, parou de pedalar e ainda fez um sinal de positivo direcionado ao eritreu. O mundo assistiu ao vivo um dos maiores ciclistas da atualidade chancelar a entrada de Girmay neste mesmo seleto grupo. 

Na geral, apesar dos fogos de artifício, nada mudou e o pelotão volta amanhã para uma etapa muito mais calma, com a previsão de um sprint menos seletivo, com a participação de Caleb Ewan, Mark Cavendish e muitos outros. E o Bini? Quem sabe amanhã teremos uma boa notícia.

O pelotão passou nesta terça por Filottrano e rendeu homenagens ao ciclista local Michelle Scarponi, que morreu 5 anos atrás.

NOTA: Acompanhe a cobertura diária do Giro d’Italia no canal DSports comigo e com Sidney White, todos os dias, desde a largada neutralizada. Nesta quarta, a transmissão começa às 7h10! Se você estiver assistindo pela RAI ou pela GCN, tudo bem, mas use a hashtag #GironoDSports e interaja conosco.