Morre Florian Scheider, do Kraftwerk; ouça “Tour de France”

Morre Florian Scheider, do Kraftwerk; ouça “Tour de France”

7 de maio de 2020 0 Por Flavio Menezes

Florian Schneider, um dos fundadores do grupo alemão pioneiro da música eletrônica Kraftwerk, morreu de câncer aos 73 anos, informou a gravadora Sony.

Schneider formou o Kraftwerk com Ralf Hutter em 1970. O grupo e projeto multimídia usava dispositivos caseiros e personalizados para criar batidas eletrônicas, o que foi extremamente inovador no processo de criação de música.

 

>> Siga Pedal Digital  no Instagram

Discretos, sabia-se muito pouco da vida pessoal deles. Mas uma coisa era notória: Hutter e Schneider eram fanáticos por ciclismo. Nas décadas de 70 e 80, Schneider, pedalava 200 quilômetros por dia, chegando até a atrapalhar a produtividade do grupo por conta disso.

 

 

Depois de lançar uma sequência de cinco álbuns memoráveis entre 1974 e 1981, o grupo fez uma pausa de 17 anos. O retorno foi em 2003, com “Tour de France Soundtracks”, um disco-homenagem à competição ciclística francesa.

A música “Tour de France” já havia sido lançada como single em 1983. Ao voltar como álbum, com outras músicas que exploram o cenário sonoro do Tour de France, se tornaram uma celebração ao ciclismo de estrada. Os sons do álbum, em especial a estrutura percussiva, remetem à correntes de bicicleta, troca de marchas, cadências e respiração ofegante dos ciclistas.

 

Florian foi um dos compositores deste álbum, junto com Hutter (este, tão obcecado por ciclismo que chegou a ter um acidente grave de bike, que o deixou em coma). “Tour de France” fala da alegria de praticar ciclismo, falando em elementos como “camarades et amitié” (colegas e amizade). É mais melódico que outros trabalhos do Kraftwerk. Certamente uma obra que apaixonados por ciclismo de estrada tem que conhecer.

 

Florian Schneider: ciclista e multiinstrumentista

Multi-instrumentista, Schneider tocava sinterizadores, vocoder, flauta, sax, percussão, violino, guitarra, bateria e ainda fazia vocais para a banda. O músico deixou o Kraftwerk em 2008, depois de quatro décadas —seu último show com a banda foi em 2006, na Espanha.

Ele deixou o Kraftwerk em 2008, depois de quatro décadas e dez álbuns. Em 2014, o grupo ganhou um Grammy pelo conjunto da obra.

Nos últimos anos, uma parceria colocou em destaque de novo a paixão da dupla por ciclismo. A marca alemã Canyon lançou uma bike comemorativa do grupo. A Ultimate CF SLX Kraftwerk é uma bicicleta de estrada com grafismos geométricos branco e preto, que lembram a estética visual usada pelo grupo.

 

Ultimate CF SLX Kraftwerk. Imagem divulgação Canyon

 

O grafismo é sofisticado: as tiras do desenho foram cortadas e medidas a mão, sendo que cada conjunto das tiras levou cerca de 7 horas para ficar pronto. Serão somente 21 unidades. A bike foi usada no Grand Départ do Tour de 2017, em Düsseldorf, em um contrarrelógio em que  Gerraint Thomas superou seus adversários nos 14 km de asfalto molhado.