Tour de France: Cavendish é confirmado na última hora

Tour de France: Cavendish é confirmado na última hora

22 de junho de 2021 0 Por Flavio Menezes

Após Sam Bennett se machucar em treinamento, britânico que disputou o Tour pela última vez em 2018 será o sprintista da Deceuninck-QuickStep

 

Depois de muita expectativa, chegou a hora do britânico Mark Cavendish comemorar. O ciclista foi confirmado nesta segunda-feira (21 de junho) na equipe Deceuninck-QuickStep para o Tour de France.

Cavendish já tinha sido descartado pelo manager da equipe, Patrick Lefevere, que havia escalado Sam Bennett como sprintista do time. Mas o irlandês, vencedor da camisa verde da classificação por pontos no Tour do ano passado, machucou o joelho e não vai se recuperar a tempo da disputa, que começa neste sábado. “Não é preciso dizer que estou muito desapontado por não poder defender minha camisa verde no Tour de France deste ano”, disse Bennett em comunicado à imprensa.

“Tive um pequeno incidente durante o treinamento algumas semanas atrás, que afetou meu joelho. Embora a lesão que sofri seja de curta duração, afetou muito meu treinamento e me deixou sem tempo suficiente para estar apto para a corrida. O Tour merece o meu melhor e seria uma injustiça para a minha equipe e para mim mesmo correr na minha condição atual”, disse Bennett.

 

 

Cavendish, que estava à beira da aposentadoria antes que Lefevere e o patrocinador Specialized darem a ele uma nova chance nesta temporada, participou pela última vez do Tour em 2018. O britânico tem 30 vitórias em etapas do Tour e mostrou que está em forma ao conquistar cinco vitórias em seu retorno à equipe, que integrou entre 2013 e 2015.

“Estou muito feliz por voltar ao Tour de France com a Deceuninck-QuickStep. Obviamente, as circunstâncias com Sam poderiam ser melhores, ele fez um Tour especial no ano passado e estou triste por ele não ter conseguido defender sua camisa verde. Mas, ao mesmo tempo, estou animado para voltar a uma corrida com a qual tenho tanta afinidade e na qual tenho tanta história “, disse Cavendish. “É a maior corrida de ciclismo do mundo e vou fazer tudo o que estiver ao meu alcance para agarrar esta oportunidade com as duas mãos.”

Cavendish é o segundo ciclista com mais vitórias em etapas no Tour, superado apenas pela lenda belga Eddy Merckx, que somou 34. O britânico ganhou quatro etapas em 2008, seis em 2009, cinco em 2010, cinco em 2011, três em 2012, duas em 2013, uma em 2015 e quatro em 2016.

A equipe terá, além de Cavendish, o campeão mundial Julian Alaphilippe liderando o time, Michael Morkov, Kasper Asgreen, Davide Ballerini, Mattia Cattaneo, Tim Declercq e Dries Devenyns.