TREINO FUNCIONAL: O QUE É E COMO CICLISTAS PODEM SE BENEFICIAR

TREINO FUNCIONAL: O QUE É E COMO CICLISTAS PODEM SE BENEFICIAR

17 de junho de 2022 0 Por Flavio Menezes

treino funcional é uma modalidade que cada vez conquista mais seguidores. Ele é um tipo de treino de força, assim como a musculação. A diferença, porém, é que os praticantes realizam movimentos do dia a dia ou funcionais voltados para determinada prática esportiva. 

Além disso, esse tipo de treinamento é muito mais democrático, trazendo vantagens para praticantes que desejam:  

  • conquistar mais bem-estar e melhorar a postura; 
  • reduzir dores; 
  • aumentar o desempenho e a performance. 

Quer entender melhor como funciona o treino funcional e por que ele é uma boa ideia para os ciclistas? Vem com a gente! 

O QUE É TREINO FUNCIONAL? 

O treino funcional é aquele que utiliza exercícios capazes de aprimorarem nosso corpo para realizar as tarefas do dia a dia ou para a prática de algum esporte, como o ciclismo. 

É justamente por isso que esse tipo de treinamento surgiu, primeiro, na fisioterapia, como uma ferramenta de reabilitação. Somente depois é que o treino funcional foi adaptado para atletas e pessoas que gostariam de ganhar mais força, resistência, condicionamento físico e saúde em geral. 

A principal diferença deste treino em relação aos demais é que ele consegue trabalhar várias capacidades físicas de maneira integrada. Por exemplo: potência, força, resistência cardiorrespiratória, alongamento, equilíbrio e estabilidade. 

QUAIS AS VANTAGENS DO TREINO FUNCIONAL PARA OS CICLISTAS? 

O treino funcional é um grande aliado de todo mundo que pratica algum tipo de esporte. Isso porque, durante os treinos, o professor de Educação Física poderá manejar para que você consiga fortalecer regiões importantes para a prática, além de melhorar seu condicionamento físico. 

No caso do ciclismo, o treino funcional é capaz de estimular a região do core (parte central do corpo), na qual produzimos força e geramos a velocidade para os movimentos. 

Além disso, com o funcional você conseguirá fortalecer membros superiores e inferiores de maneira integrada, diferente do que ocorre com o treino de força em máquinas (como na musculação). 

Afinal, a principal ferramenta desse tipo de treinamento é o seu próprio corpo. Assim, além do ganho de força, você também conseguirá melhorar seu controle motor, coordenação e condicionamento físico. Fatores importantíssimos para todo ciclista. 

DORES NAS COSTAS OU NOS JOELHOS 

As dores nas costas e nos joelhos são grandes “vilãs” de muitos ciclistas. E elas podem ser melhoradas com o treino funcional. 

Em alguns casos, essas situações podem ser causadas devido a um mal posicionamento do ciclista na bike. Questões que um bike fit ajuda a resolver. 

Porém, em outros, o problema é a fragilidade muscular. Sem uma musculatura adequada na região do core e nos membros inferiores, as articulações podem acabar sofrendo durante os pedais. 

Por isso, um treinamento de força, como o funcional, ajuda a melhorar sua massa muscular, corrigir a postura e reduzir as dores, não apenas no pedal, mas também nas atividades diárias. 

BENEFÍCIOS 

Os benefícios do treino funcional são múltiplos e não estão restritos apenas aos ciclistas. Entre os principais estão:  

  • fortalece a musculatura; 
  • ajuda a acelerar o metabolismo; 
  • melhora a postura; 
  • aprimora o equilíbrio corporal; 
  • melhora a coordenação motora; 
  • desenvolve a consciência corporal; 
  • aumenta a resistência pulmonar; 
  • melhora o condicionamento físico; 
  • melhora a flexibilidade, a mobilidade e a velocidade; 
  • ajuda a melhorar a performance e o rendimento durante os pedais. 

IDEIAS EXERCÍCIOS FUNCIONAIS PARA POTENCIALIZAR SEU PEDAL 

É importante frisar que, para que seu treino funcional traga os benefícios esperados, é fundamental contar com a assessoria de um profissional especializado. Somente ele será capaz de fazer uma avaliação da sua condição física e montar um treino voltado às suas necessidades e restrições. 

Abaixo separamos alguns exercícios funcionais interessantes para ciclistas. Mas você só deve incluí-los no seu treino mediante autorização do profissional de educação física que te acompanha, ok? 

AGACHAMENTO 

O agachamento é um exercício clássico e presente em diversos treinos funcionais. Ele é fundamental no desenvolvimento dos músculos inferiores, especialmente o quadríceps, que são muito exigidos nos pedais. 

Além disso, o agachamento ajuda a fortalecer a região do core e a melhorar a postura da lombar. 

Assim, incluir o agachamento nos seus treinos, irá lhe ajudar a ganhar resistência física e muscular para pedalar por longas horas. 

Algumas dicas são importantes para um bom agachamento, como: posicionar os pés na largura do quadril, manter as costas retas e agachar até passar a linha do joelho. 

ESCALADOR 

O escalador, como o próprio nome indica, envolve um movimento semelhante ao de escalar uma montanha. Para fazê-lo, você terá que recrutar a musculatura de diferentes partes do corpo, já que também utilizará as pernas (fazendo um movimento semelhante ao de pedalar uma bicicleta). 

O escalador é simples. Comece posicionando o seu corpo como se fosse fazer uma flexão, com o corpo paralelo ao chão e suspenso. Estique os braços na largura dos ombros e firme-os no chão. Traga um joelho de cada vez em direção ao umbigo. Faça os movimentos com as pernas de maneira contínua e rápida. 

BURPEE 

O burpee é outro exercício que ajuda a fortalecer o corpo todo e, por isso, excelente para os ciclistas que precisam ganhar mais condicionamento físico. 

O movimento é muito simples de fazer. Basta se abaixar, como se fosse fazer uma flexão, depois levantar e dar um salto com as mãos esticadas para cima. Retorne à posição de flexão e inicie outro movimento. 

É importante fazer a sequência sem interrupções, na maior velocidade que você conseguir. Ele é ótimo para fortalecer seu corpo e melhorar seu condicionamento físico. 

PRANCHA 

Como explicamos, fortalecer a região do core é indispensável para todos os ciclistas. E a prancha é ótima para isso. Além de ajudar, também, a melhorar sua postura. 

Deite-se no chão com a barriga para baixo. Apoie o antebraço no chão alinhado com o ombro. Erga o quadril até ficar na altura do tronco e mantenha-se nessa posição pelo máximo de tempo que você conseguir. 

Para não forçar a lombar, é imprescindível que você mantenha o abdômen contraído. 

AFUNDO COM SALTOS ALTERNADOS 

O afundo é ótimo para fortalecer os membros inferiores. E ao adicionar os saltos, você consegue melhorar, também, sua coordenação motora. 

Para fazer, posicione o pé esquerdo atrás e o direito na frente. Mantenha o tronco ereto enquanto flexiona os joelhos, de forma que o joelho direito quase toque o solo. Dê um pulo e faça a troca das pernas no ar. Caia no chão em afundo. 

Neste conteúdo, você aprendeu que o treino funcional é excelente para os ciclistas. Afinal, ele trabalha com movimentos do dia a dia e também relacionados à prática esportiva. O resultado é o fortalecimento da musculatura exigida no pedal, e também a melhora da coordenação motora e ganho de condicionamento físico.